TRACKER versus ECOSPORT versus DUSTER versus … Uma pancada de SUV’s !

Este slideshow necessita de JavaScript.

Blogger: Esse segmento está me lembrando a época do carro 1.000 cc, todos estão oferecendo ou criando sua SUVezinha, mas não creio que haja volume para tanta oferta, seria mais inteligente se um mercado de preço entre 40 a 50 mil reais tivesse uma alternativa decente, nada de pegar carro high-end, depenar, e oferecer como carro de entrada ! É um objeto de desejo uma SUV, mesmo fake, sem tração nas 4 rodas, mas que de a sensação de um estilo de vida família/cidade/campo ! Remontando a um passado distante, a Rural Willys da FORD era o carro que se encaixava bem, aí apareceu o ECOSPORT mas com um posicionamento mais “chic”, apesar de ao se conhecer mais a fundo o carro creio que haja um abuso conteúdo ofertado e preço praticado !

Vamos ver como fica o mercado com tantas opções chegando, só falta uma chinesa corajosa trazer uma alternativa bem posicionada em conteúdo/preço !
Eu pessoalmente já enxergo uma luz no fim do túnel para os carros chineses, e não é o trem !!!
Cliente:​Café com Notícias

Veículo:​Folha de S.Paulo – SP

Data​07/10/2013​                     Seção: Veículos

De volta ao jogo

Chevrolet deixa o improviso de lado e lança o novo Tracker, o primeiro GM que pode atrapalhar a vida do EcoSport

EDUARDO SODRÉ

EDITOR-ADJUNTO DE “VEÍCULOS”

06/10/2013 – A Chevrolet demorou 10 anos e sete meses para apresentar um rival à altura do EcoSport. A marca tentou conquistar clientes com uma versão menos equipada da finada Blazer e até importou um jipinho de nome Tracker –na verdade, um Suzuki Vitara de gravatinha dourada. Mas os improvisos acabaram.

O novo utilitário compacto não tem a robustez de caminhão da antiga Blazer nem a tração 4×4 do Vitara, porém carrega o mesmo carisma do EcoSport, bem como suas facilidades. Para o segmento, isso basta.

O Tracker chega às lojas apenas com câmbio automático de seis velocidades. Os bancos são forrados de couro e o sistema MyLink, xodó da Chevrolet, tem posição de destaque no console.

RODÃO

As rodas de 18 polegadas são as maiores do segmento, mas não prejudicam o conforto. O modelo apresentou rodar agradável mesmo no trecho mais irregular do campo de provas da GM, em Indaiatuba (a 98 quilômetros de São Paulo).

Há dois espaços para objetos em cada porta dianteira, além de lugar para copos no console central, com acabamento emborrachado. No total, são 25 porta-trecos espalhados pela cabine, que recebe bem quatro ocupantes.

O painel que mescla instrumentos digitais e analógicos está mais uma vez presente. A Chevrolet afirma que o público aprovou esse conjunto, mas fica a impressão de que o Tracker merecia mais. É estranho ver os mesmos mostradores do Onix (a partir de R$ 31.290) em um carro que custa, no mínimo, R$ 71.990.

Sim, esse mexicano não é uma pechincha. Seu pacote de equipamentos o aproxima do Ford Ecosport 2.0 Titanium Powershift (R$ 73.990). Quem quiser teto solar e airbags laterais e de cortina no jipinho Chevrolet terá de gastar R$ 3.500 a mais.

Se o Onix emprestou o painel, o Cruze cedeu o motor. O Ecotec 1.8 flex (144 cv) empurra o utilitário urbano com disposição.

Versões mais em conta só chegarão ao mercado quando a produção nacional tiver início. A GM não confirma datas nem planos, embora saiba que o volume disponível para importação do México será insuficiente para atender a provável demanda.

EM ALTA

O segmento do Tracker irá crescer nos próximos anos, com novos modelos sendo produzidos no Brasil. A Peugeot irá lançar o 2008 no próximo ano, seguido do concorrente Renault Captur –que será menor e mais equipado que o Duster.

Entre 2015 e 2016, chegarão os jipinhos urbanos da Hyundai, da Honda, da Nissan e da Volkswagen. Todos deverão custar entre R$ 50 mil e R$ 75 mil, faixa de preço paralela a dos hatches médios.

A Fiat ainda faz mistério, mas também entrará nesse segmento. Seu utilitário compacto deverá ser produzido na fábrica que está sendo construída em Goiana (PE).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s