Um post para registrar a história e o phase-out da querida KOMBI !

Imagem

Volkswagen se despede da Kombi com a versão Last Edition
Série especial que terá produção limitada de 600 unidades marca fim da produção no Brasil
REDAÇÃO AB
Para marcar o fim da produção do veículo mais longevo do mundo, a Kombi feita no Brasil, a Volkswagen lança este mês a última série especial, batizada Last Edition (Última Edição), do comercial leve que foi o primeiro modelo fabricado pela marca no País. Com volume limitado a 600 unidades, será vendida pelo preço sugerido de R$ 85 mil. O Brasil é o único País onde a Volkswagen ainda produzia a Kombi, que sairá de linha ainda este ano por não atender à necessidade de airbags e freios ABS, obrigatórios em todos os veículos vendidos no Brasil a partir de 2014. As 600 unidades serão numeradas, terão placa de identificação e um certificado de autenticidade.

A edição traz itens exclusivos como a pintura do tipo saia-e-blusa, com azul na parte inferior e branco na superior. Os vidros são escurecidos e o vigia traseiro tem desembaçador elétrico. As setas dianteiras têm lentes de cristal branco. Nas laterais, adesivos que identificam a série “56 anos – Kombi Last Edition”.

Internamente, a Kombi da série especial, que tem capacidade para nove passageiros, ganhou acabamento de luxo, como bancos em forro de vinil e faixas centrais nas cores branca e azul e revestimento interno das laterais, portas e porta-malas também em vinil azul. As cortinas em tear azul nas janelas laterais e no vigia traseiro têm braçadeiras com o logotipo Kombi bordado, elemento de decoração típico das versões luxuosas das décadas de 1960 e 1970.

No painel, serigrafia especial do quadro de instrumentos, que mantém o tradicional padrão com o velocímetro em posição central e, à direita, o mostrador do nível de combustível. Traz ainda sistema de som com leitura de MP3, entrada auxiliar mais USB e luzes de LED em vermelho. O painel terá uma plaqueta de alumínio escovado que identifica a série especial, com o número correspondente a uma das 600 unidades: ‘001/600’.

Equipada com motor 1.4 flex, a Kombi Last Edition vem com câmbio manual de quatro velocidades e entrega 78 cv, quando abastecida com gasolina, e 80 cv com etanol.

image

Após 56 anos ininterruptos de produção no Brasil, a Kombi tem a história de maior longevidade na indústria automobilística mundial. Lançada em 1950, na Alemanha, o modelo se destacou em diversos mercados pela versatilidade, sendo adotada tanto para o transporte urbano de carga como o de passageiros. Ao lado do Fusca, a Kombi marcou o início das atividades da Volkswagen no Brasil, há 60 anos: sua montagem começou em um galpão no bairro do Ipiranga, em São Paulo, em 1953.

A partir de 2 de setembro de 1957 o modelo passou a ser efetivamente produzido no Brasil, na Fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP). A Kombi foi o primeiro veículo fabricado pela Volkswagen do Brasil, antes mesmo do Fusca, e o primeiro feito pela empresa fora da Alemanha. Sua trajetória internacional iniciou com as exportações da Volkswagen do Brasil nos anos 1970 para mais de 100 países, sendo os principais Argélia, Argentina, Chile, Peru, México, Nigéria, Venezuela e Uruguai.

Desde setembro de 1957 até julho de 2013 foram produzidas 1.551.140 unidades do modelo na fábrica de São Bernardo do Campo.

Anúncios

2 Respostas para “Um post para registrar a história e o phase-out da querida KOMBI !

  1. Aprendi a dirigir numa Kombosa. Eu tirava o pé da embreagem e batia o joelho na seta, tirava o pé do acelerador, ligava o limpador de pára-brisa.
    E pra fazer baliza com aquele trem carregado e sem direção hidráulica? É, foi uma boa escola…. 😉

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s