GM e FORD, AMIGOS AMIGOS, NEGÓCIOS JUNTOS, inteligência competitiva e sinergética!

Ford e GM vão produzir juntas transmissões de 9 e 10 velocidades

Cada empresa irá usar seu próprio software de controle para garantir que cada transmissão seja cuidadosamente combinada de maneira individual com o DNA do veículo de cada marca”
Craig Renneker, engenheiro chefe da Ford

Logo após a Ford anunciar que lançará o motor EcoBoost 1.5 no Salão de Xangai, a montadora e a General Motors anunciaram nesta segunda-feira (15) um acordo de parceria para o desenvolvimento de uma geração totalmente de transmissões automáticas de 9 e 10 velocidades para automóveis, crossovers, utilitários esportivos e caminhões.

A nova transmissão, segundo as montadoras, terá aplicação em tração dianteira e traseira, possibilitando a melhora no desempenho dos veículos e o aumento da economia de combustível.

O trabalho em conjunto permitirá a redução de custo no desenvolvimento da nova tecnologia. “Os times de engenharia da Ford e GM já começaram o trabalho inicial de design dessas novas transmissões”, diz o vice-presidente global de Engenharia de Transmissões da GM, Jim Lanzon. “Nós esperamos que essas novas transmissões aumentem o padrão da tecnologia, desempenho e qualidade para nossos consumidores, além de ajudar a melhorar o consumo de combustível dos próximos produtos de ambas as marcas.”

Este novo acordo representa a terceira colaboração, na última década, envolvendo a Ford e a GM no desenvolvimento de transmissões. A última, havia sido as mais de 8 milhões de transmissões de 6 velocidades e tração dianteira, que equipa modelos como Ford Fusion, Edge, Escape e Explorer, enquanto a GM aproveitou a tecnologia em veículos de alto volume, como Chevrolet Malibu, Chevrolet Traverse, Chevrolet Equinox e Chevrolet Cruze. A parceria inicial serviu como modelo para este novo acordo.

Como antes, cada empresa vai fabricar suas próprias transmissões nas  respectivas fábricas, utilizando muitos componentes em comum. “O objetivo é manter a mesma tecnologia de transmissão na Ford e na GM. Isso aumentará a padronização de peças e dará às duas companhias economia de escala”, diz Craig Renneker, engenheiro chefe da Ford. “No entanto, cada empresa irá usar seu próprio software de controle para garantir que cada transmissão seja cuidadosamente combinada de maneira individual com o DNA do veículo de cada marca.”

Detalhes técnicos e informações sobre a utilização das transmissões nos veículos serão divulgados por cada montadora no momento adequado, antes do lançamento.

GM investe US$ 332 milhões e novos motores

No início deste mês, A General Motors anunciou o investimento de US$ 332 milhões em quatro fábricas nos Estados Unidos para produzir motores e transmissões mais eficientes, com melhor desempenho e redução do consumo de combustível. O desenvolvimento vai se concentrar na produção de um novo motor a gasolina Ecotec pequeno, um novo motor V6, com transmissão de 8 velocidades, e ferramentas para uma transmissão de 6 velocidades.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s